segunda-feira, 24 de abril de 2017

O MORCEGO

título original: The Batman
título brasileiro: O Morcego
ano de lançamento: 1943
país: Estados Unidos
elenco principal: Douglas Croft, J. Carrol Naish, Lewis Wilson
direção: Lambert Hillyer
roteiro: Bill Finger, Bob Kane (autores do texto original), Harry L. Fraser, Jerry Robinson, Leslie Swabacker e Victor McLeod

Em 1939, uma edição da revista Detective Comics apresentou ao público pela 1ª vez o personagem Batman, criado em conjunto pelos escritores Bill Finger e Bob Kane.
Ele não demoraria a se tornar um dos super-heróis mais populares de revistas em quadrinhos. E a 1ª produção com atores de carne e osso envolvendo o personagem foi o seriado O Morcego, lançado 4 anos depois que ele apareceu na revista.
A história é um pouco diferente do que a gente veria nas versões seguintes:

Um agente secreto japonês chamado Daka, servido por uma tropa de bandidos que se vestem como mafiosos italianos, vive escondido numa mansão subterrânea nos Estados Unidos. E ele pretende dominar o país fazendo uma lavagem cerebral nas pessoas e transformando elas em ‘zumbis’ sob o comando dele.
Quando descobrem as atividades do Daka, 2 agentes secretos do FBI chamados Bruce e Dick se fantasiam com máscaras, capas e roupas meio esquisitas e vão tentar impedir os planos dele. E assumem os nomes códigos respectivamente de Batman e Robin.

A tentativa explícita de retratar os italianos e os japoneses como vilões que queriam dominar os Estados Unidos se deve ao fato de que o seriado foi lançado em plena 2ª Guerra Mundial.
Os vilões clássicos retratados como inimigos do Batman, como o Curinga, a Mulher-Gato e o Pinguim, só seriam vistos pela 1ª vez em seriados e filmes lançados depois desse aqui.
Também não vemos aqui ainda apetrechos comuns que o herói usaria em produções futuras, como o bat-móvel (o Batman e o Robin se locomovem com um carro comum, dirigido pelo mordomo Alfred). Por isso mesmo, as cenas de ação em geral só mostram lutas mano a mano: socos, chutes e adjacências. Nada de heróis e vilões disparando raios um no outro nem nada disso.
Clique aqui pra ver mais informações sobre O Morcego:


Até a próxima!

sábado, 22 de abril de 2017

HOWIE D

O floridiano Howie D (algumas vezes também creditado como Howard Dorough e Howie Dorough) sempre foi considerado o menos popular dos BackStreet Boys. Mas isso não impede ele de seguir em frente na carreira de cantor e com uma legião fiel de fãs.
Paralelamente, ele também segue numa carreira mais modesta de ator, na qual ele já apareceu em algumas produções de terror.
Em 1998, o Howie foi visto em 1 capítulo do seriado Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira. E em 2002, ele apareceria em outro capítulo do seriado (ele interpretou personagens diferentes nos 2 episódios).
Em 1999, ele teve um pequeno personagem no filme A Múmia.
E em 2016, o Howie apareceu na comédia de terror Dead 7.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o ator:


Até a próxima!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

FRANKENSTEIN (versão de 1931)

títulos original e brasileiro: Frankenstein
ano de lançamento: 1931
país: Estados Unidos
elenco principal: Boris Karloff, Colin Clive, Mae Clarke
direção: James Whale
roteiro: Mary Shelley (autora do texto original), Francis Edward Faragoh, Garrett Fort, John L. Balderston, John Russell, Peggy Webling, Richard Schayer e Robert Florey

Isolado num castelo no alto de uma montanha, o cientista Henry Frankenstein tem se dedicado à sua mais excêntrica experiência: reunir pedaços de vários cadáveres num só e assim formar uma criatura, que ele quer trazer à vida usando uma descarga elétrica.
Mas, não encontrando um cérebro que possa ser usado em nenhum dos cadáveres que roubou, ele manda seu assistente Fritz invadir uma faculdade de Biologia e roubar um cérebro em boas condições. Mas, acidentalmente, o assistente deixa o cérebro que ele rouba cair no chão e o órgão se despedaça. E pra não voltar de mãos vazias, ele leva o cérebro de um deficiente mental.
Consequentemente, o cientista cria um mutante que, a princípio, não é perigoso nem gratuitamente perverso, mas que tem uma capacidade de raciocínio que não ultrapassa o de criança estranhando cada nova coisa que vê pelo caminho.
Mesmo assim, a criatura vai ficando mais forte e resistente a cada dia que se passa. E o Henry não demora a perder completamente o controle sobre ela...

Muita gente pensa que ESSE AQUI foi o 1º filme inspirado no livro Frankenstein ou o Prometeu Moderno (1818), da inglesa Mary Shelley. E foi sem dúvida nenhuma o 1º mais famoso. Mas não foi o 1º de todos. Este foi um curta-metragem dirigido pelo J. Searle Dawley, em 1910.
Entretanto, a imagem clássica que todos têm até hoje do Monstro de Frankenstein foi lançada realmente pelo filme de 1931: um homem com mais de 2 metros de altura, com a parte de cima da cabeça achatada, com 2 parafusos nos cantos do pescoço, com costuras na pele por várias partes do corpo e com a mentalidade retardada.
O filme teve 6 continuações, lançadas em 1935, 1939, 1942, 1943, 1944 e 1945.
Em quase todas elas, a história do Monstro de Frankenstein se misturou com a história do Conde Drácula lançada em 1931 e com a história do personagem-título do filme O Lobisomem (1941).
Bom, pra todos os fãs de clássicos e pra todos os pesquisadores da História do Cinema, Frankenstein é imperdível.
Clique aqui pra ver mais informações sobre o filme:


E dê uma clicada aí do lado em ‘documentários’ que você acha um post sobre o Frankenstein de 1910 e em ‘góticos’ que você acha um post sobre O Lobisomem.
Até a próxima!

sexta-feira, 14 de abril de 2017

TED RAIMI

O michiganiano Ted Raimi é mais lembrado por ter interpretado o herói cômico Joxer no seriado Xena, a Princesa Guerreira (entre 1996 e 2001).
Mas a presença dele em produções de terror nunca foi rara.
A relação do Ted com o gênero criou vínculos indissolúveis com o filme Uma Noite Alucinante: a Morte do Demônio (1981).
Acontece que ele se envolveu com várias produções derivadas desse filme: ele trabalhou como ator no filme Uma Noite Alucinante 2 (1987), no filme Uma Noite Alucinante 3 (1992), no filme Meu Nome é Bruce (2007) e no seriado Ash VS Evil Dead (2016).
Antes disso, em 1977, apesar de ainda ter só 12 anos, o Ted já tinha trabalhado como ator e contrarregra no filme It’s Murder!
No ano seguinte, ele trabalhou como contrarregra no curta-metragem Within the Woods.
Em 1985, o Ted foi ator e editor da comédia de terror Dois Heróis Bem Trapalhões e ator do filme Stryker’s War.
Em 1987, ele apareceu no filme Blood Rage.
Em 1989, o Ted foi visto no filme Terror Fora de Horas e na comédia de terror Shocker - 100.000 Volts de Terror.
Em 1992, ele teve no filme O Mistério de Candyman.
No ano seguinte, o Ted protagonizou o filme O Mutilador e apareceu no filme O Distintivo do Silêncio.
Em 1996, ele foi visto em 1 capítulo do seriado American Gothic.
No ano seguinte, o Ted teve no filme O Mestre dos Desejos.
Em 2001, ele apareceu na comédia de terror Delírio Diabólico.
Em 2004, o Ted foi visto no filme O Grito e no filme Tales from the Crapper.
Em 2006, ele teve no curta-metragem The Grudge 1.5 e em 1 capítulo do seriado Mestres do Terror.
No ano seguinte, o Ted apareceu em 1 capítulo do seriado 30 Days of Night: Dust to Dust.
Em 2008, ele foi visto no filme O Último Trem e em 1 capítulo do seriado Sobrenatural.
No ano seguinte, o Ted teve no filme Arrasta-me para o Inferno.
Em 2010, ele apareceu no filme VideoDome Rent-O-Rama.
No ano seguinte, o Ted foi visto no filme Morbid Minutes e no seriado Vicious Circle.
Em 2013, ele apresentou o especial de terror After Ghoul Special: FEARnet Visits the Disney Archives.
No ano seguinte, o Ted protagonizou o curta-metragem Semblance.
E em 2015, ele foi ator, diretor, roteirista e produtor do seriado Deathly Spirits.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o Ted:


Até a próxima!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

SAMUELL BENTA

O inglês Samuell Benta é mais conhecido no Brasil por ter interpretado o ranger preto da 15ª temporada de Power Rangers (2007).
Embora ele seja um ator mais de comédias, em 2011 ele apareceu no filme de terror Animal.
Ah, sim: ESSE filme não tem nada a ver com aquele outro filme de terror que também se chama Animal, lançado em 2014, sobre a fera sanguinária supostamente criada por experiências mutantes das Forças Armadas dos Estados Unidos.
O filme de 2011 é um curta-metragem de menos de 5 minutos. E mostra um cara voltando pra casa de madrugada, andando pela rua sozinho.
Ele decide cortar caminho passando por um bairro mais barra pesada. E como não poderia deixar de ser, acaba sendo abordado por 2 bandidos que querem o dinheiro dele.
Só que ele olha pro Céu e vê a lua-cheia... Pro azar dos bandidos, o cara é um lobisomem!
Não é difícil adivinhar o que acontece daí pra frente, né?rs
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o Samuell:


E clique aí do lado em ‘mutantes’ que você acha um post sobre o outro Animal (o de 2014).
Até a próxima!

segunda-feira, 10 de abril de 2017

MÃOS À OBRA

título original: Mãos à Obra
ano de lançamento: 2001
país: Brasil
elenco principal: André Brizzo, Beto Ribeiro, Igor dos Santos
direção e roteiro: Pietro

O rico André Rizzo mandou construir uma casa. Mas começou a estranhar a demora na entrega da obra. E depois de telefonar pro mestre de obras Bruno Montepiano pra saber o motivo do ‘vai, não vai’, ele decide ir pessoalmente até lá, pois dá pra ver que os pedreiros tão se distraindo com alguma coisa e trabalhando pouco por causa disso.
E o André não só vai descobrir o motivo da distração deles como também vai participar...

Antes que alguém pergunte: sim, Mãos à Obra é um filme pornô.
Então, como eu sempre faço quando indico esse tipo de filme aqui, se você gosta desse tipo de produção, procure; se não gosta, ignore.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre Mãos à Obra:


Até a próxima!

sexta-feira, 7 de abril de 2017

CHRIS KIRKPATRICK

O pensilvaniano Chris Kirkpatrick é mais conhecido por sua participação no grupo NSYNC. Mas desde 2001 ele tem investido também na carreira de ator, às vezes sendo creditado como Christopher Kirkpatrick.
Embora tenha trabalhado mais em comédias, ele também já participou de algumas poucas produções de terror.
Em 1999, o Chris apareceu em 1 capítulo do seriado Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira.
Em 2013, ele cuidou da trilha sonora do curta-metragem de terror Fiend Fatale.
Em 2015, o Chris foi visto em Sharknado 3: Oh, Não!
Aliás, vale lembrar que essa série já tá no 5º filme, lançado agora no início de 2017.
E no ano seguinte, o Chris teve na comédia de terror Dead 7.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o ator:


Até a próxima!

quarta-feira, 5 de abril de 2017

A. J. MCLEAN

O floridiano A. J. McLean é mais famoso pela carreira musical que teve como um dos Backstreet Boys. Mas desde os anos 80 ele também mantém uma carreira (menos intensa que a de cantor, músico e dançarino) como ator, na qual ele também usou o nome de Alexander J. McLean.
Aliás, a estreia dele na carreira de ator foi exatamente num filme de terror, quando ele tinha 8 anos. Se trata de Truth or Dare?: A Critical Madness (1986), no qual ele interpretou o personagem Mike na infância.
Em 1998, o A. J. apareceu em 1 capítulo do seriado Sabrina, a Aprendiz de Feiticeira.
E em 2016, ele foi visto na comédia de terror Dead 7.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre o A. J.:


Até a próxima!

segunda-feira, 3 de abril de 2017

HISTÓRIA DE PESCADOR

título original: História de Pescador
ano de lançamento: 2001
país: Brasil
elenco principal: Dino Miranda, Giovanni Valente, Jorge Clemente
direção e roteiro: Richard de Castro

Dizem que toda história de pescador é mentira. E pelo menos quando o pescador é o Jorge, a única certeza que nós temos é de que é mentira mesmo.
Reunindo os 3 colegas de trabalho com quem ele divide o escritório, sendo todos os 4 casados, eles combinam de dizer às esposas que vão passar o fim de semana numa casa que o Jorge tem numa cidade do interior, porque vão pescar num rio que tem lá.
Mas, em vez disso, eles vão simplesmente reunir todas as garotas dadeiras que vão encontrar pelo caminho, levar pra tal casa do Jorge e... Alguém ainda não entendeu o resto?rs

Como História de Pescador tem um certo tom de ironia, ele acaba passando até um certo ponto como uma comédia, né?
Vale lembrar que outros filmes do Richard de Castro que eu já indiquei aqui foram Incesto (2000), A Enteada, Minha Sobrinha Mais Nova (ambos de 2003), A Filha do Senador, Incesto Entre Irmãos (ambos de 2004), A Beata do Seu Gomes (2005), A Estoquista, O Síndico (ambos de 2006), Aeromoça em Apuros e Morango Com Chantilly (ambos de 2007).
Bom, pra encerrar, a velha sugestão que eu sempre faço: se você gosta desse tipo de filme, procure; se não gosta, ignore.
Clique aqui pra ver mais informações sobre História de Pescador:


E dê uma clicada aí do lado em ‘produções brasileiras’ que você acha posts sobre A Beata do Seu Gomes, A Enteada, A Estoquista, A Filha do Senador, Aeromoça em Apuros, Incesto, Incesto Entre Irmãos, Minha Sobrinha Mais Nova, Morango Com Chantilly e O Síndico.
Até a próxima!