segunda-feira, 23 de setembro de 2013

TUBARÃO

título original: Jaws
título brasileiro: Tubarão
ano de lançamento: 1975
países: Austrália / Estados Unidos
elenco principal: Richard Dreyfuss, Robert Shaw, Roy Scheider
direção: Steven Spielberg
roteiro: Peter Benchley (autor do texto original) e Carl Gottlieb

Entre os filmes de terror de monstros do Mar, acho que o subgênero que se desenvolveu mais foi o dos tubarões gigantescos e/ou monstruosos. Até hoje eles são produzidos com uma certa frequência, embora agora apelem cada vez mais pra roteiros inverossímeis (deem uma navegada aí pela Internet que vocês vão encontrar filmes de terror de tubarão que ‘nada’ na neve, que ‘nada’ na areia, que voa, que tem 2 cabeças, que tem tentáculos...).
Bizarrices à parte, todos esses filmes beberam na mesma fonte: Tubarão, um clássico do terror lançado em 1975 pelo grande Steven Spielberg.
É interessante que o filme continua atual até hoje. A única coisa que talvez incomode as novas gerações que são fãs do terror é que ele não tem efeitos especiais 3D, né? Mas, tirando isso, Tubarão agrada a qualquer fã de terror. E também agrada a muitos fãs de aventura.
O filme acabou virando uma série cinematográfica, pois teve 3 continuações (1978, 1983 e 1987). Mas nenhuma delas conseguiu repetir o sucesso do original, embora esse seja exatamente o que apresenta um tubarão menos gigantesco e menos aberrante da série.
Bom, clique aqui pra ver mais informações sobre Tubarão:



Até a próxima!

8 comentários:

Alan Raspante disse...

Um dos melhores filmes de todos os tempos! Com certeza!

Marcelo C,M disse...

Não precisou de muitos recursos para que entrasse na galeria dos melhores filmes de todos os tempos.

Jaws disse...


Sem duvida um de meus favoritos!Gosto muito do segundo também.

Marcelo C,M disse...

Talvez uma das melhores partes do filme é quando Quint conta o pesadelo que ele passou em USS Indianapolis, já que quando ele fala, imagino as cenas de cada momento que ele conta.

Bússola do Terror disse...

Alan→ Também acho.

Marcelo→ Bom, pra época em que foi feito, o filme teve recursos bastante avançados.
E sobre o Quint, na verdade ele era traumatizado com tudo o que passou no naufrágio, né? Realmente é um personagem trágico.

Jaws→ O 2º também foi legal. Mas acho que o 3º desceu direto em qualidade.

Marcelo keiser disse...

Um verdadeiro marco da história do cinema. A coisa que mais aprecio nessa produção é a música tema que torna esse filme inigualável.
Ótima lembrança!

abraço

Hugo disse...

É um dos melhores filmes do gênero, que influencia até hoje outros trabalhos.

Hoje é difícil acreditar que o tubarão era mecânico e pelos vários problemas que apresentou, Spielberg decidiu mostrá-lo o mínimo possível até a sequência final, o que funcionou aumentando o suspense.

Abraço

Bússola do Terror disse...

Marcelo→ Na 1ª cena do filme já ouvimos a música ao fundo. Enquanto vemos a câmera mostrando cenas subaquáticas, como se fosse o próprio tubarão vendo aquelas cenas. Incrível mesmo!
Abraço também!

Hugo→ Na verdade, o tubarão nunca aparece assim inteirão, com tooooodos os detalhes, né? Aparece melhor quando os 3 veem ele do barco e constatam o tamanho dele, já chegando no fim mesmo.
Vendo o making-off do filme vemos que eles tiveram mesmo vários problemas de manipulação do boneco. Mas funcionou bem.
Abraço também!