sexta-feira, 19 de outubro de 2012

DAVID NAUGHTON



Não existe nenhum fã de filmes de lobisomem que desconheça Um Lobisomem Americano Em Londres (1981). E os poucos entre eles que ainda não viram o filme inteiro, no mínimo, já viram algumas imagens dele por aí.
Essa coprodução anglo-estadunidense é um dos maiores clássicos do subgênero ‘lobisomem’. E sem dúvida, o maior de todos os clássicos desse subgênero da 2ª metade do século XX.
Um Lobisomem Americano Em Londres foi protagonizado pelo connecticutiano David Naughton. Que por isso mesmo é visto como uma das maiores estrelas do Cinema de Terror (embora, injustamente, nunca tenha recebido o devido reconhecimento em outros gêneros de filmes).
Ele também teve presente em várias outras produções de terror:
Logo depois de Um Lobisomem Americano Em Londres, o David pôde ser visto no telefilme Eu, o Desejo: Uma História de Vampirismo (1982).
Em 1989, ele protagonizou 1 capítulo do seriado Além da Imaginação.
Depois, foi a vez da comédia de terror Expresso Macabro (1990).
Em Máquina de Vingança (1991), o David teve um personagem secundário.
Em 1993, ele teve no 7º filme da série cinematográfica Amityville (Amityville 7: Uma Nova Geração). E no mesmo ano, pudemos ver ele no telefilme Trilogia do Terror.
Em 1995, o David teve no 3º filme da série cinematográfica Reflexo do Demônio (Reflexo do Demônio 3). E no mesmo ano, ele teve na comédia de terror O Sorveteiro.
Em 2001, ele foi visto em 3 produções do gênero: A Crack In The Floor, Abelhas: Ataque Mortal e 1 capítulo do seriado A Hora do Arrepio.
Uma homenagem que o David recebeu em 2006, quando Um Lobisomem Americano Em Londres tava fazendo 25 anos, foi interpretar o Xerife Ruben em A Fera Assassina, outro filme de lobisomem.
Outra comédia de terror que ele protagonizou foi Brutal Massacre: A Comedy (2007). E outra no mesmo ano foi Hallows Point.
O próximo filme de terror do David tá previsto pra estrear em Dezembro. Se chama Cool As Hell.
Clique aqui pra ver mais informações sobre o ator:


E pra ver mais informações sobre Um Lobisomem Americano Em Londres, clique aí do lado em ‘seres sobrenaturais’.
Até a próxima!

7 comentários:

Hugo disse...

A cena da transformação em "Um Lobisomem Americano em Londres" é fantástica.

Abraço

Kleber Godoy (氣) disse...

Olá, Leo, tudo bem?

Vim aqui te visitar e avisar que respondi seu comentário lá no meu blog... passe lá para ver e conversar mais, se desejar... obrigado pela contribuição...

Faz um tempo que não passo aqui, nem tenho tido tempo para visitar outros sites vários, mas parei aqui hoje para retomar as leituras. Vejo que continua tudo bem interessante por aqui e adorei a seção de mini-monstros... ai... que saudade de Caverna do Dragão... preciso rever.

Um abraço e ótimo fim de semana,
Kleber

Bússola do Terror disse...

Hugo→ O filme ganhou um oscar por essa cena.
Abraço também.

Kleber→ Já passei lá.rs
A Caverna do Dragão foi talvez o 1º desenho de terror light voltado pro público adolescente a ser exibido no Brasil. Acho que chamou tanto a atenção do público exatamente por ser diferente de tudo o que já tinha passado aqui até então na televisão.
A parte dos mini-monstros (e também as outras) devem receber um pouco mais de conteúdo com mais frequência a partir do mês que vem. É que nos últimos tempos fiz mais posts sobre atores de filmes de terror porque tô pagando os posts que ficaram atrasados aqui no blog desde Julho. Mas já paguei quase tudo. Então, em pouco tempo, vou voltar a fazer mais posts indicando filmes e seriados.
Um abraço também!

HELL BUSINESS disse...

David Naughton sempre realiza excelentes atuações e contribui para a boa qualidade dos filmes que participa. Dos filmes dele gosto do 'Expresso Macabro, Eu, o Desejo: Uma História de Vampirismo', além é claro, do clássico 'Um Lobisomem Americano em Londres'.

Bússola do Terror disse...

Também acho.

Rodrigo Mendes disse...

Este filme é o maior barato, adoro ele! Landis tem aptidão para o gênero.

E como o David 'mudou' com a idade, não? rs

Abs!

Bússola do Terror disse...

Bom, ele tinha 30 anos quando fez o filme. Hoje ele tem 61.
Abraços também!