segunda-feira, 1 de abril de 2013

SEDUÇÃO



título original: Sedução
ano de lançamento: 2004
país: Brasil
elenco: Alex Baby, Pit Garcia (creditado aqui como Pit Boy) e Rita Cadillac
direção e roteiro: José Gaspar

Em 2004, quando a ex-chacrete Rita Cadillac concordou em trabalhar em alguns filmes pornô, deixou claro que não pretendia seguir nessa carreira, declarando também que só tava fazendo isso porque, na época, tava passando por problemas financeiros. E de fato a carreira pornô dela foi bem curta. Mas a estreia foi com o filme Sedução.
Na verdade, esse filme é um documentário sobre ela, mostrando 3 entrevistas com ela mescladas com 2 cenas reais de sexo.
Passados os créditos iniciais e a abertura (algumas cenas da Rita passeando de cadillac e dançando), Sedução começa com a 1ª entrevista com ela. Terminada essa entrevista, vem uma cena dela com o ator pornô Alex Baby. Terminada essa cena, vem a 2ª entrevista com a Rita. Terminada essa entrevista, vem uma cena dela com o ator pornô Pit Garcia. Terminada essa cena, vem a 3ª entrevista com a Rita. E aí o filme acaba.
Bom, o filme não é ruim. Mas, pros padrões de uma produção pornográfica, as poucas cenas de sexo que aparecem nele só mostram coisas muito básicas. É só o ‘feijão com arroz’ mesmo. Então, posso recomendar Sedução a quem busca um pornô light, né? Se você nunca viu um filme pornô e quer começar por uma coisa mais leve, por exemplo, Sedução é uma boa. Você vai gostar.
E claro: fãs da Rita, em geral, também vão gostar do filme, por causa das entrevistas.
Bom, clique aqui pra ver mais informações:


Até a próxima!

7 comentários:

Marcelo C,M disse...

Um mais pesadão é um que ela da uma de reporte dentro de uma orgia no carnaval.

Janice Adja disse...

Não conheço o filme, quem faz um trabalho desse porte tem seus motivos.
É difícil até por um comentário.
beijos!!

Bússola do Terror disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bússola do Terror disse...

Marcelo→ Eu acho que vi esse filme que você diz numa locadora há alguns anos, mas não peguei pra assistir.

Janice→ Na verdade, o meio pornô é beeeeem diversificado em termos de pessoas que podem ser encontradas lá. Tem desde michês e prostitutas semianalfabetos até pessoas com formação universitária e que trabalham em outra profissão mais comum. E os motivos pra fazer um filme pornô também variam bastante de uma pessoa pra outra. Tem gente que faz simplesmente porque gosta, tem gente que faz porque tá precisando do dinheiro urgentemente, tem gente que faz por curiosidade... Enfim, não tem regra.
Beijos também!

Gilberto Carlos disse...

Nunca vi nenhum filme pornô com a Rita Cadillac, nem com a Gretchen. Só os filmes eróticos que elas fizeram nos anos 80, como Aluga-se moças. Não gosto dos filmes pornôs atuais, são tão chatos. Já os nacionais dos anos 80 eu vejo todos que encontro. Abraços.

Hugo disse...

O que chama mais a atenção é curiosidade de ver Rita Cadillac num pornô, pois como vc bem citou, as cenas são bem arroz com feijão.

Ela fez algumas outras cenas, inclusive com Frota e com Matheus Carriere, que já foram um dia atores de novela e que decidiram ganhar dinheiro e se divertir no pornô.

Abraço

Bússola do Terror disse...

Gilberto→ Os filmes da Gretchen eu também nunca peguei pra ver. Até já vi algumas daquelas cenas soltas que a gente acha aí pelos ´tubes` da Internet, mas só isso.
Bom, se você gosta de filmes pornô brasileiros dos anos 80, suponho então que você goste dos filmes da Boca do Lixo, né? Eles tinham quase um monopólio da pornografia brasileira dos anos 80.
Abraços também!

Hugo→ Eu vi o filme dela com o Mateus. Aliás, ele e o Alexandre dizem hoje que se arrependeram de fazer os filmes pornô e dizem que não querem mais trabalhar nisso...
Bom, agir sem pensar muito nas consequências geralmente dá nisso, né?
Mas o problema é que se alguém fizer um filme pornô fica muito estigmatizado como ator pornô pro resto da vida. Outros trabalhos que a pessoa já tenha feito ficam meio invisíveis. Acho que trabalhar como ator pornô é algo pra quem quer trabalhar SÓ com isso ou PRINCIPALMENTE com isso pro resto da vida. de outro modo, em maior ou menor grau, acaba atrapalhando.
Se alguém pretende seguir essa carreira, tem que pensar nisso antes de seguir em frente.
Abraço também!