sexta-feira, 24 de maio de 2013

PECADOS & TENTAÇÕES



título original: Pecados & Tentações
ano de lançamento: 2008
país: Brasil
elenco principal: Carlão Bazuca, Leila Lopes, Vítor Gaúcho
direção: José Gaspar
roteiro: José Gaspar e Leila Lopes

A atriz Leila Lopes se suicidou em 2009, não conseguindo suportar o declínio da carreira e tendo acabado de participar de alguns filmes pornô...
Se você não acompanhou a história dela, pode pensar que a carreira dela entrou em decadência por causa da pornografia. Mas muito pelo contrário. A Leila teve o ponto mais alto da carreira dela no início dos anos 90, quando participou de algumas novelas da Globo. Mas no final da década, ela já tava fora da grande mídia. E os filmes pornô só entraram na vida dela uns 10 anos depois disso, como uma última tentativa de chamar a atenção do grande público e voltar à mídia... Mas não deu muito certo. Vamos ver o motivo:
A estreia dela na carreira pornô foi no filme Pecados & Tentações, lançado em 2008. E pros padrões de um filme pornô brasileiro, temos que reconhecer que esse aqui é quase uma superprodução: houve a intenção de fazer uma coisa mais ‘chique’, foi tomado um certo cuidado com o cenário, foi tomado um certo cuidado com o figurino, tem cenas de diálogo com 3 atores de teatro que não participam das cenas de sexo, o roteiro mostra cada personagem com uma história pessoal (pelo menos em metade das produções pornô brasileiras, nada disso nem sequer existe, né?)...
Aliás, eis o roteiro:

Depois de viver alguns anos na Europa, uma atriz brasileira volta pra casa dos pais nos anos 50. E reencontrando um primo que tá estudando pra ser padre, ela resolve tirar a virgindade dele.
E a irmã da recém-chegada, vendo que ela tá de olho no cunhado, resolve ‘cansar’ o marido o máximo possível pra ele não atender as investidas da cunhada.

Apesar de tudo isso, Pecados & Tentações tem pontos negativos que acabaram transformando a coisa numa piada.
As caras e bocas da Leila Lopes querendo passar a imagem de ‘mulher fatal’ transformaram a personagem dela numa caricatura, as tatuagens e as marcas de bronzeamento do ator pornô Carlão Bazuca e da atriz pornô Tamiry Chiavari combinam 0% com os personagens deles (certamente um seminarista dos anos 50 não teria dragões tatuados nos braços e uma dona de casa dos anos 50 não teria estrelas coloridas tatuadas nas coxas e menos ainda uma marca de biquíni fio dental) e a cena em que o personagem do Carlão perde a virgindade também acaba fazendo a gente rir (pra um cara que tava estudando pra ser padre e agora tá transando pela 1ª vez, ele já sabe fazer as coisas todas melhor do que um cafetão!).
Assim, Pecados & Tentações acaba entrando pra galeria das comédias involuntárias, da mesma forma que outras produções que eu já mencionei aqui: Calígula (1979), Gigantes Guerreiros Goggle Five (1982) e O Rato-Humano (1988).
De qualquer forma, Pecados & Tentações vai agradar a quem quer ver um filme pornô mais diferente do que se costuma ver no Brasil ou a quem é fã dos atores mencionados.
Vale lembrar que o filme rendeu 2 continuações, gravadas na mesma época, mas só lançadas em 2009.
Bom, clique aqui pra ver mais informações:


E clique aí do lado em ‘comédias’ pra ver os posts sobre Calígula, Gigantes Guerreiros Goggle Five e O Rato-Humano e em ‘atores de filmes de terror’ pra ver um post sobre o Carlão Bazuca.
Até a próxima!

5 comentários:

Marcelo C,M disse...

Foi uma pena ela ter partido, pois era um grande talento não muito reconhecido.

Hugo disse...

Muitas atrizes e atores tentam voltar ou se manter na mídia de qualquer forma. Foi o caso da Leila Lopes, que ao que tudo indica se arrependeu de entrar no cinema pornô.

Por sinal, ao que parece o cinema pornô também já não rende tanto dinheiro assim. Os convites para famosos se aventurarem no gênero praticamente acabou.

Abraço

Bússola do Terror disse...

Marcelo→ Talento e reconhecimento, em qualquer profissão, são vertentes diferentes. Tem gente que tem TUDO pra uma determinada profissão, nasceu pra isso, mas não é reconhecida. E tem gente que nem se sai tão bem na profissão, mas tem todo o destaque por parte de quem tá em volta, né?

Hugo→ Até os anos 90, pelo menos, tinham 3 coisas que moviam cifras astronômicas no mercado: filme pornô, revista de homem pelado e revista de mulher pelada.
Mas, com a popularização da Internet, por volta do ano 2000 e 2005, tudo isso começou a entrar numa certa decadência. Porque ficou fácil demais encontrar as imagens que esses filmes e revistas trazem aí pela Internet, né?
Você vê que, nos últimos anos, foram até raros os homens e mulheres famosos que toparam posar pelados pra revistas. Porque, como as vendas caíram pra menos da metade do que costumava ser nos anos 90, essas revistas passaram a pagar tão pouco de cachê que quase ninguém famoso se anima mais a aceitar os convites pra esse tipo de trabalho.
Abraço também!

Fernando Terroso disse...

Esse filme com a Leila Lopez vale mais pela curiosidade por ser uma ex-global.

Bússola do Terror disse...

Ah, com certeza. Quando entra uma pessoa famosa no meio de um filme pornô, claro que ele ganha mais público por causa disso.
Os próprios filmes pornô do Alexandre Frota só fizeram um certo sucesso por serem com um famoso, né? Porque os filmes em si que ele fez na área pornô não são lá essas coisas. Claro que tiveram os melhores e os piores. Mas eu particularmente não gostei de nenhum dos filmes pornô dele dos que eu cheguei a ver.